APRILIA RS 660: COMEÇA UMA NOVA ERA

DESCOBRE A NOVA RS660
Preenche o formulário

PROJETADA PARA O FUTURO

O futuro respeita as tradições da Casa de Noale, que é desde há muito conhecida pela inovação e caráter distintivo. Com uma personalidade desportiva e linhas contemporâneas, a RS 660 coloca na estrada a experiência adquirida em pista. O seu design único forma uma moto compacta, leve e ágil. Com uma extraordinária estabilidade a alta velocidade, tudo se resume em criar uma experiência de condução divertida. As opções de cores incluem o novo grafismo Acid Gold, que realça o design e a personalidade jovem desta moto.

CONCEITO

Cornering ABS Multimapa
O ABS multimapa com função de curva garante a máxima segurança na estrada sem comprometer a performance da RS 660. Utilizando um algoritmo que monitoriza continuamente diversos parâmetros como a aceleração, pressão aplicada na manete do travão e inclinação, a ação do travão é ajustada para crirar a relação ideal entre desaceleração e estabilidade, enquanto a intervenção do ABS é otimizada.

SISTEMA APRC

Originalmente desenvolvido para utilização em competição e depois adaptado para utilização em estrada, o sistema APRC é uma avançada solução de controlos eletrónicos. É um conjunto de sistemas desenhado para garantir a segurança na estrada e melhorar a performance em pista. A RS 660 dispõe da última geração do APRC (Aprilia Perforrmance Ride Control). Este avançado sistema inercial de seis eixos utiliza giroscópios internos e sensores de aceleração para compreender o estado do motor enquanto interpreta a estrada em tempo real e providencia ajustes instantâneos para incrementar a performance e a segurança.

O APRC da RS 660 inclui:- ATC:

-Aprilia Traction Control, controlo de tração ajustável baseado numa lógica de operação de alta performance.

- AWC: Aprilia Wheelie Control, controlo de levantamento da roda dianteira.

- ACC: Aprilia Cruise Control, que mantém uma velocidade constante sem necessidade de intervenção do acelerador.

- AQS: Aprilia Quick Shift, um sistema eletrónico que permite a troca de mudanças sem fechar o acelerador nem utilizar a embraiagem. Inclui a funcionalidade downshift, para reduzir mudanças sem necessidade da acionar a embraiagem. Disponível como equipamento opcional, existe um software que permite a inversão da caixa de velocidades, sem necessidade de substituição de peças.

- AEB: Aprilia Engine Brake, para controlar o travão-motor em desaceleração.

- AEM: Aprilia Engine Map, com diversos mapas de injeção diferentes, que fazem variar a potência da moto e o caráter do motor. - ABS: com função Cornering, ajustável em 3 níveis.

 

 

 

 

 

Escape completo Akrapovic "apenas para utilização em pista":

Um sistema de escape completo com a ponteira em carbono, desenhado exclusivamente para pista e portanto não certificado para utilização em estrada. Extremamente leve, otimiza o som da moto e a performance do motor, de forma a que o piloto extraia o máximo da RS 660. O kit contém uma unidade de controlo com mapas próprios e software, que permite que o quick shift seja utilizado de forma invertida (sistema também vendido separadamente).

Escape completo Akrapovic, certificado Aprilia:

sistema completo de escape certificado, que melhora a performance da moto e o respetivo som. 

Software de reversão da caixa de velocidades:

permite a utilização do quick shift através da simples instalação de um software, sem necessidade de peças adicionais. 

Manetes de travão e embraiagem:

fabricadas em alumínio, são ajustáveis e conferem um design mais desportivo à moto.

Autocolantes específicos:

para aplicação nas jantes.

 

 

 

                                                                                 

PURA ATITUDE APRILIA

A RS 660 tem como base a experiência vencedora da Aprilia para introduzir um novo nível na sua categoria. O chassis de topo cria uma experiência de condução verdadeiramente dinâmica, com o seu quadro  e braço oscilante em alumínio.

RS 660

DESCUBRA SUAS CARACTERÍSTICAS

RS 660

DESCUBRA SUAS CARACTERÍSTICAS

RS 660

DESCUBRA SUAS CARACTERÍSTICAS

Escolhe a cor

DIZ-NOS QUEM ÉS E NÓS DIZEMOS-TE QUAL É A TUA RS 660

Apex Black, Lava Red, Acid Gold. Muito mais do que simples esquemas de cores: 3 lados da RS 660 para 3 identidades de condutore...

DESCOBRE MAIS

A tua RS 660 é muito mais do que um conjunto de peças mecânicas. A tua RS 660 é a forma que tinhas em mente mesmo antes de a veres. A tua RS 660 é um conjunto especial de cores e de linhas que falam por ti e pela tua personalidade: desde os aspetos mais óbvios àqueles que ainda nem sequer descobriste.

 

Apex Black, Lava Red e Acid Gold não são apenas três esquemas de cores. Cada um deles reflete a diferente identidade da RS 660 e do seu condutor, comunicando numa linguagem que apenas tu e a moto compreendem.

Queres saber qual RS 660 é a tua? Aproxima-te e ouve o que ela te diz…

 

APEX BLACK

É a beleza negra: um pouco diabólica, um pouco heroína. A sua força é discreta, introvertida. A mancha negra das suas carenagens é o vortex negro que te atrai e o vermelho da jante frontal é o fogo que te impulsiona, deixando as rivais para trás quando a luz passa a verde. É o Batmobile que empresta o total black look – parte da história de competição da Aprilia – para transformar todas as viagens numa louca corrida na tua própria Gotham City.

TU és o único que podes domar a besta que existe, transformando-a em performance. O que te importa é a substância e a beleza da mecânica – o concreto, ao invés do abstrato. Os detalhes? Podem fazer diferença para ti, mas apenas quando são vermelhos. A tua alma está atormentada, mas sempre encontras a estrada que te leva ao sucesso; porque sabes que não é por seres rápido que serás um bom piloto; é exatamente o contrário.

 

LAVA RED

É atrevida, ousada e decidida. É Muhammad Ali a aniquilar Joe Frazier. É a italiana conduzida por um italiano a bater as japonesas na sua própria pista. A puro-sangue descendente dos primeiros grafismos racing que a Aprilia introduziu em motos de fábrica, inspirando-se na mítica RS 250 Replica Reggiani, onde a Lava Red recolhe orgulhosamente o violeta, o vermelho e o cinzento. É a herança assente em motores a dois tempos, tempos por volta e 54 títulos mundiais – incluindo 38 em World Championship GP Motorcycle Racing, vencendo 294 corridas – que a RS 660 transporta para o teu dia-a-dia.

TU gostas de potência e de agilidade. Treinar para vencer e não apenas para manter a forma. Tens sempre o teu objetivo num alvo e não passas sem a sensação de ser o primeiro a atravessar a linha de meta. Para ti, a desportividade está tão viva em pista como em qualquer outra altura do dia; porque a tua roupa preferida é o fato em pele, mas quando o retiras, não deixas de ser um piloto.  

 

ACID GOLD

ELA é a pioneira do design aplicado ao mundo das duas rodas, nascida para destronar os atuais esquemas gráficos e ser provocadora como uma top model. É uma nova alternativa de desportividade na estrada: linda de morrer numa estrada costeira e à vontade sob as luzes da cidade. É a medalha de ouro no peito do atleta: linda, extrovertida, OUSADA. É a luz que brilha constantemente na tua moto e que, ao primeiro relance de cor, a qualquer distância, faz com que qualquer um invoque o seu nome.

 

TU és inovador e corajoso: sempre pronto para trilhar novos caminhos seguindo o teu instinto infalível. Um samurai moderno: dinâmico mas disciplinado, às vezes enigmático, dedicado a atingir a perfeição em todas as ações.  Não gostas de rótulos. Descobriste que, para vencer neste mundo, tens que te distinguir e que a RS 660 Acid Gold é para todos, mas nem todos são feitos para ela ... exceto tu.   

 

Escolher a tua RS 660 significa olhar no espelho, sem filtros e sem reservas, e admitir para ti próprio que tipo de piloto és. É por isso que é tão difícil.  É por isso que não serás tu a escolher a tua RS 660:  será ela que te vai escolher a ti.  

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixa que a RS 660 te olhe nos olhos e te diga porque não podes passar sem ela

6 RAZÕES QUE TE LEVAM A QUERER ESTA MOTO

Há motos que gostam de ser seguidas e veneradas, e outras que te olham nos olhos e te dizem exatamente porque não consegues viver sem elas. No que toca a razões, a RS tem pelo menos 660. Para já, ficam 6...

DESCOBRE MAIS

Há motos que gostam de ser seguidas e veneradas, e outras que te olham nos olhos e te dizem exatamente porque não consegues viver sem elas. No que toca a razões, a RS tem pelo menos 660. Para já, ficam 6.

 

1. Porque uma condução desportiva não tem que ser necessariamente desconfortável. A partir de agora
Há motos que são demasiado extremas para serem apreciadas sem ser em pista, e outras que comprometem as emoções que procuras. E depois há a RS 660, que combina uma performance desportiva com uma ergonomia confortável, utilizando uma triangulação banco-peseiras-volante que garante uma postura que nunca cansa demasiado os pulsos e com as pernas numa posição pouco dobrada. Um novo conceito de desportividade confortável, que oferece máximo controlo, mas não cansa em longas viagens, sendo perfeita para a utilização diária e para condução desportiva.

Quem disse que tens que sofrer para ser rápido?
 

2. Porque a potência do motor é uma questão de família
Com um som distintivo, potência imediata e uma performance excecional, o bicilindrico da RS 660 herda muitos conceitos da bancada frontal da Aprilia V4 1100, mas acima de tudo, herda o seu caráter: incluindo o mesmo tom do som do escape e o típico binário dos blocos em V.
100 CV, uma velocidade de ponta espetacular e um binário poderoso,na maior parte do mesmo disponível a baixa rotação. Um coração mecânico com uma harmonia excecional e uma performance de um bicilindrico de cilindrada muito superior, sendo compacto e leve o suficiente, desenvolvido pelos engenheiros da Aprilia de forma a que o conjunto seja ágil e com uma arquitetura de chassis eficiente, estejas na estrada ou em pista. 
Porque velocidade é ritmo e todos os movimentos vêm do coração: ou tem o ritmo certo, ou estás em apuros.
 

3. Porque a vida é curta demais para más trajetórias

O braço oscilante e o quadro em alumínio utilizam o motor como elemento portante, oferecendo rigidez, baixo peso e um feedback consistente ao condutor. Tal como sucede com qualquer Aprilia, não poderia haver uma relação mais direta entre a mente e a estrada.
E isto é evidente pelo sorriso que surge em ti por trás do capacete, enquanto a moto rola no asfalto: exatamente onde queres que ela esteja.

 

4. Porque “segurança” e “eletrónica” deixaram de ser excedentárias para passarem a ser performance
Um setor técnico e mecânico muito sólido, a acompanhar um cérebro tecnológico desenvolvido para melhorar – e não castrar – a experiência de condução.
A RS 660 utiliza o lendário conjunto de sistemas eletrónicos APRC das irmãs maiores V4, revolucionando o patamar estabelecido nos motores de média cilindrada. Travão-motor, controlo de levantamento da roda dianteira, Cruise Control, ABS em Curva: esquece os nomes na lista da brochura (que é muito mais extensa) porque a partir de agora, todas as caraterísticas transformam-se numa extensão do teu corpo, para uma condução harmoniosa e incisiva.
De que serve o músculo sem cérebro? A RS 660 tem ambos. Podes acreditar.

 

5. Porque é linda de morrer (mas isto já sabias) e o seu design é funcional

A RS 660 redefine as regras da estética e da engenharia, ditando o presente e o futuro das motos desportivas de media cilindrada.
Não apenas é a única moto no mercado a ter uma, mas a dupla carenagem tem também a função de desviar o ar para longe das pernas do condutor. No extremo oposto, o poderoso farol com full LED e perímetro em DRL, que faz com que a RS 660 seja aerodinâmica e segura, sendo um design esguio que deixa a sua marca onde quer que vá, em quaisquer condições de luz.
Um arrepio na espinha daqueles que ainda não estão familiarizados com ela, um sentimento de necessidade para os que a querem.
 

6. Porque tanto os tempos por volta como os sorrisos por quilómetro contam

O seu tempo é digno de um piloto refinado, a sua diversão é digna de um temerário: a RS 660 é a tua nova ideia para uma desportividade quotidiana. O prazer de condução que não sacrifica o DNA de competição da Aprilia. A emoção na ponta dos dedos, que não pára; e se tiveres que sair, contas os minutos para te sentares outra vez e acelerar, porque nada te vai impedir de fazeres exatamente isso: só precisas de querer.

 

Descobre todas as razões para querer a RS 660 por ti prórprio: é tua por €11,650, valor ao qual acrescem as despesas de legalização (IVA incluído).

 

 

O design particular da ótica frontal torna a RS660 reconhecível de imediato

RECONHECÍVEL DE IMEDIATO

A Aprilia RS 660 é reconhecível apenas num olhar e destaca-se de qualquer outra moto. Os traços fundamentais na nova jóia da Aprilia, com a sua ótica tripartida, falam a linguagem das suas motos desportivas que fizeram história e que dominaram os testes comparativos em todo o mundo desde há muitos anos...

DESCOBRE MAIS

A Aprilia RS 660 é reconhecível apenas num olhar e destaca-se de qualquer outra moto. Os traços fundamentais na nova jóia da Aprilia, com a sua ótica tripartida, falam a linguagem das suas motos desportivas que fizeram história e que dominaram os testes comparativos em todo o mundo desde há muitos anos.

Com efeito, a tripla ótica frontal tem sido uma caraterística de alta performance e tecnologia avançada das motos Aprilia desde 1998, com a apresentação da RSV Mille, a primeira moto super sport na categoria Superbike do construtor de Noale.

Foi uma verdadeira revolução estética, que continuou em todos os modelos topo de gama da Aprilia, deixando a sua marca na extraordinária RSV4, adotada pela espetacular Tuono V4 e, com o objetivo de crirar um ar de família, utilizada nas RS125 e RS50.

Em consequência, este elemento tem sido continuamente renovado durante mais de vinte anos em termos estéticos e funcionais, e agora, com a RS660, atinge o mais alto patamar de evolução. A Aprilia RS660 é a primeira moto a introduzir um nível tão alto neste segmento, graças ao farol triplo em LED, às luzes laterais DRL e aos indicadores de mudança de direção, embutidos nos perfis DRL, que contribuem para tornar a frente da moto ainda mais impactante.

O sistema de luzes também incorpora detalhes destinados a tornar a condução mais segura: graças à presença do sensor de luz, os faróis são ativados automaticamente e os indicadores de direção, com função de cancelamento automático, acendem em caso de travagem de emergência.

Por ultimo, as luzes de curva introduzem um novo elemento em segurança ativa: as duas luzes laterais (a do centro é apenas de máximos) estão fixadas de forma a que, graças à plataforma de inércia, mudem automaticamente conforme a moto se inclina para a curva, aumentando, assim, o feixe de luz em curva, resultando numa excelente visibilidade para o condutor.

 

 

 

 

 

APRILIA RS 660 MOSTRA PROMESSA ANTECIPADA

Até à data, sem contar com os técnicos da Aprilia que desenvolveram a moto, apenas duas pessoas tiveram a oportunidade de testar a RS 660 - jornalistas da revista italiana Motociclismo e da revista alemã Motorrad. Federico Aliverti, da Motociclismo, e Uxe Seitz, da Motorrad, experimentaram a RS 660 em finais de Julho...

DESCOBRE MAIS

Até à data, sem contar com os técnicos da Aprilia que desenvolveram a moto, apenas duas pessoas tiveram a oportunidade de testar a RS 660 - jornalistas da revista italiana Motociclismo e da revista alemã Motorrad. Federico Aliverti, da Motociclismo, e Uxe Seitz, da Motorrad, experimentaram a RS 660 em finais de Julho. As motos testadas eram modelos de pré-produção, com a eletrónica inacabada, mas cada um deles deixou indicações claras acerca da natureza da nova desportiva da Aprilia. Até mesmo nestes testes iniciais, ficou  imediatamente claro que dois dos traços caraterísticos da RS 660 estavam claramente formados. O motor da RS 660 e o seu caráter impressionou ambos os jornalistas. "Este motor é fantástico", escreveu Federico. "É dócil em baixas rotações, com força nos regimes intermédios e um poder a altas rotações que nos faz questionar se este motor tem mesmo só 100 CV. A entrega de potência desde as 1.800 rpm leva-nos sem hesitação para a curva seguinte. Os médios regimes tornam-se óbvios às 4.000rpm e entregam muita flexibilidade ao motor, ao ponto de muitas estradas poderem ser feitas apenas em terceira velocidade. Então, às 8.000rpm, há uma maravilhosa mudança de som que nos acompanha até às 11.200rpm, enquanto se troca de mudança à velocidade da luz graças ao excelente quick shifter." Durante uma paragem nas estrada de Noale, ambos os jornalistas mostraram-se muito satisfeitos com o motor, tendo como adquirido que o chassis só poderia ser excelente. No entanto, o que os supreendeu, foi a forma como a excelência do chassis casa na perfeição com o motor. A Motorrad escreve: " com toda a experiência adquirida em 54  títulos mundiais e com a certeza de estar no topo no que respeita à construção de chassis, os técnicos da Aprilia criaram um chassis extraordinariamente ágil e estável". Para além das notáveis qualidades dinâmicas, outra faceta da RS 660 captou a atenção dos jornalistas. A RS 660 é o resultado de um estudo aprofundado, o que a torna num produto absolutamente fascinante; a ideia inovadora de criar uma dupla carenagem com apêndices aerodinâmicos integrados representa uma janela para o futuro. Federico Aliverti e Uxe Seitz não têm dúvidas de que a inspiração veio da competição: uma das funções da dupla carenagem é otimizar a estabilidade a alta velocidade. Quando sairam das motos, ambos os jornalistas fizeram a mesma pergunta: " Quando podemos dar outra volta?" E tu, queres experimentar uma Aprilia RS 660?